Categorias
Solidariedade

A luta pela sobrevivência nos cortiços

Fonte: semanário arquidiocesano O SÃO PAULO

Entre os 96 distritos da cidade, o Brás, na região central, é o que o concentra o maior número de óbitos por COVID-19 proporcionalmente à população: 141 mortos por 100 mil habitantes. Dois distritos vizinhos, a Sé e o Pari, também estão entre aqueles com mais de 100 mortes por este indicador. Neste que é considerado o “centro pobre” de São Paulo, a quantidade de cortiços, pensões e ocupações pode ser uma das explicações para a expansão da COVID-19.

“Em um cortiço há de 30 a 40 famílias, tudo coletivo, desde o banheiro até as pias e quartos. Então, viver o ‘Fique em Casa’ é difícil”, comentou Sidnei Pita, um dos articuladores do movimento Unificação da Luta de Cortiço e Moradia (ULCM).

Regularmente, a ULCM tem distribuído itens de limpeza, álcool em gel e máscaras para as pessoas que vivem em cortiços e ocupações, além de cestas básicas, obtidas pela União dos Movimentos de Moradia (UMM), à qual é vinculada, ou repassadas pela Prefeitura.

Segundo Pita, mais de 50 mil cestas já foram distribuídas, uma ajuda indispensável: “A grande maioria dos sem-teto, de quem mora em cortiços na região central, é de ambulantes, autônomos ou de trabalhadores de lojas que diminuíram seus salários. Desde o começo da pandemia, só temos visto crescer as filas de pessoas à procura das doações”.

Quando a entrega das cestas é feita em cada cortiço, geralmente a ação é acompanhada por equipes da área da saúde da Prefeitura, a fim de orientar os moradores sobre o novo coronavírus. “Claro que é importante essa conscientização, mas o fator-chave seria tirar as pessoas da situação de risco. Há tantos prédios que a Prefeitura poderia alugar. Se aqui existisse um CEU, poderia se abrigar doentes. Hoje não há alternativas para se praticar o distanciamento social”, lamentou, dizendo ainda que o poder público não tem feito a testagem de COVID-19 nos moradores de cortiços e ocupações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s